15 Jul 2015
Pequena Grande Joia!
Postado em 15/07/2015, por Júnia Tribst Buchalla
Olá flores!

Estou muito feliz e animada com o meu primeiro post! 
Eu sou a Júnia: sócia, vendedora, administradora, e a pessoa que fica mais “a frente” na parte de confecção e produção do Garimpo das Joias (tipo multiuso mesmo rsrs), então são esses os temas que mais irei aborda por aqui. 


Existem muitas curiosidades sobre fabricação, desenvolvimento de coleção e tendências que vocês vão gostar de saber! Continuo aprendendo constantemente e fico feliz em compartilhar esse conhecimento adquirido aqui com vocês. Fiquem à vontade para acrescentar informações nos comentários ou sugerir temas, vou adorar! 
Vamos aprender todas juntas?

O tema que eu escolhi hoje me encanta muito: PÉROLAS!
Aquelas belezinhas arredondadas, pequeninas mas que fazem nossos olhos brilharem!
Pequena Grande Joia!

Quem não as ama?

Apesar de estarem associadas a tradição elas não são usadas somente pelas avós viu? Muito pelo contrário! Hoje as maiores consumidoras de pérolas são mulheres entre 18 e 40 anos.

O motivo principal delas estarem entre as queridinhas da mulherada é pela sua versatilidade e eterna classe!
Quem não se lembra daqueles colares compridos que podem ser usados dando voltas no pescoço, com um nó no meio ou transformá-lo em uma linda pulseira?
Pequena Grande Joia! Vocês sabiam que alguns desses colares demoram anos para se formar, na espera da combinação perfeita das pérolas?

Isso porque a cada mil ostras cultivadas, apenas 20 vão gerar pérolas perfeitas!
Cerca de 99% das pérolas são cultivadas em fazendas que podem ser de água doce ou salgada, porém as mais valiosas, perfeitas e esféricas vem da água salgada.

Entre os pioneiros na produção de pérola estão o Japão, China e Taiti, produzindo em media 12 a 15 toneladas por ano. (Vamos morar no Japão gente? rsrs).
Em seguida mas sem deixar nada a desejar no quesito quantidade de produção estão Indonésia, Austrália, e Filipinas com uma media entre 5 a 2 toneladas por ano. Vale lembrar que dessas pérolas nem todas viram joias, uma vez que a qualidade das gemas, como são chamadas tecnicamente, varia bastante.
Pequena Grande Joia!
Pequena Grande Joia!
Foi um japonês que, no fim do século 19, que desenvolveu a técnica da produção em série de pérolas, que funciona de forma bem parecida como a natureza faz.

Originalmente quando um corpo estranho entra em uma ostra, ela se fecha e dá início ao processo de combate contra esse invasor. Ela se envolve em uma substância chamada nácar ou madre pérola, que será a base da pérola natural.

No enxerto o processo é praticamente o mesmo, a não ser pelo fato de que o corpo estranho é introduzido manualmente. É um processo extremamente delicado; a cada 1000 ostras enxertadas, 700 vão dar início ao processo de cultivo. E das 700, apenas 500 vão produzir 1 pérola cada. Após 2 anos de cultivo, apenas 250 terão valor comercial e apenas 20 serão consideradas perfeitas. (UAU!)

Quanto maior for o tempo que uma ostra cultivar uma pérola, mais esférica ela será. O tempo ideal para o cultivo é entre 3 a 4 anos, pois assim ela ficará maior e mais perfeita, e consequentemente mais cara.
Pequena Grande Joia! Pequena Grande Joia!
Para as apaixonadas por pérolas assim como eu, aqui vão algumas dicas de como comprar e cuidar da sua pérola para que ela fique conservada e linda durante muito tempo.

As dicas valem tanto para quem tem interesse em confeccionar peças com pérolas com comprar elas prontinhas para brilhar!
Pequena Grande Joia!
CONFECÇÃO DA PEÇA:
Para produzir peças com pérolas recomenda-se utilizar materiais de qualidade em todo o acabamento da peça, e não apenas na pérola em si.

Como vimos no decorrer do post, você deverá escolher a pérola de sua preferência sempre pensando no valor final que você deseja que a sua peça tenha.

Vale lembrar que existem pérolas de qualidade de diversos valores, é só prestar atenção no formato, textura e aparência da pérola. Saber a procedência e método de seu cultivo garantem uma qualidade ainda maior.
Pequena Grande Joia!
COMPRA DE PEÇAS:
Ao adquirir uma peça com pérolas, verifique se existem pequenos nós no cordão separando-as uma das outras. Isso vai evitar o atrito entre as pérolas e consequentemente o desgaste entre elas. Cerifique-se de que os fechos e os engates estão seguros.
Pequena Grande Joia!
LIMPEZA:
Para conservar as pérolas, após o uso, limpe com pano macio e um pouco úmido antes de guardar. A peça pode ser lavada com sabonete neutro, bem suave, e deve ser enxaguada. Deixe secar naturalmente. Jamais esfregue-a para não riscá-la.
Esse procedimento preserva a cor natural da pérola.

CONSERVAÇÃO: Utilize sempre um estojo próprio para guardar as suas pérolas. Procure guardar em embalagens de camurça ou veludo.
Pequena Grande Joia!
CUIDADOS GERAIS:
Perfumes, cosméticos, temperaturas extremas, produtos de limpeza doméstica, podem danificar as pérolas, assim como qualquer outra joia. Nunca tome banho ou entre no mar com as pérolas.
A joia com pérola deve ser sempre a última coisa a ser colocada antes de sair de casa e a primeira a ser retirada ao chegar. Quanto mais vezes você usar as suas pérolas, mais brilhantes elas ficarão. A oleosidade natural produzida pela pele conserva a peça.
Pequena Grande Joia!
É isso florzinhas, espero que tenham gostado e até a próxima! Grande Beijo!!!
Deixe um comentário
9 Comentário(s)
Juliana
Jú você arrasa!!!
Eliane Petrone
Amo perolas

Veja mais comentários
Veja Também